Vestido de noiva sob medida: Lethicia Bronstein, a estilista das famosas, tira dúvidas

outubro 10th, 2013

Em entrevista exclusiva, a designer que criou vestidos de noiva para Marina Ruy Barbosa em Amor à Vida, Mariana Rios em Salve Jorge e mais 18 personagens de novelas responde as perguntas mais frequentes de quem pretende encomendar um modelo personalizado. vestido-de-noiva-sob-medida-lethicia-bronstein-a-estilista-das-famosas-tira-duvidas O vestido do casamento é, provavelmente, o item com que as mulheres sonham desde crianças e, portanto, deve ser perfeito. Fazê-lo sob medida é a certeza de que o sonho se tornará realidade, já que a noiva irá participar de cada etapa da confecção. Para a estilista Lethicia Bronstein, “o vestido sob medida torna o momento ainda mais especial e único”.

A designer é a autora de belas criações que já vestiram as personagens de Marina Ruy Barbosa, em Amor à Vida, Mariana Rios, em Salve Jorge. Para Carolina Dieckmann, a estilista fez três modelos, dois para Três Irmãs e um para Passione. Em um bate-papo com Caras Noivas, a designer explica tudo o que você deve saber antes de iniciar o processo de confecção de uma peça personalizada. Confira: Qual é o tempo necessário para planejar e fazer um vestido sob medida? O ideal é que a noiva procure um profissional para desenhar e confeccionar o seu vestido oito meses antes do casamento. Esse tempo é necessário para que todas as provas sejam feitas e tudo saia como ela planejou. Além disso, dentro do ateliê, é o período necessário para fazer a peça da melhor forma possível.

Quantas provas são necessárias? Eu aconselho que a noiva faça seis provas de vestido. Na primeira, ela veste o que seria o molde da peça que escolheu, que é feito com um tecido que se assemelha a um forro. Essa etapa é importante para que a mulher veja se o decote está adequado, se a saia está na altura que ela imaginou, se a cintura está marcada como ela quer. A partir daí é que se pode começar com segurança a confecção com tecido mais nobre. Por falar em tecido, como ele é escolhido? Quando o modelo está decidido, eu indico tecidos (tule, organza, crepe de seda, entre outros) que vão proporcionar o melhor caimento do vestido no corpo da noiva. Já a renda que vai sobre a peça é escolhida em conjunto. Na segunda prova, que já é feita com o vestido, confeccionado apenas com o tecido, coloco diferentes tipos de renda sobre a o corpo da mulher e decidimos juntas.

Como funciona o processo de escolha do modelo? Amo escutar as noivas.

Assim, consigo saber exatamente o que elas querem e traduzir esse desejo para o papel, em forma de croqui. Depois de uma hora de conversa, para entender se ela já tem alguma referência ou descobrir qual é modelo ideal, faço o desenho do vestido na frente da noiva. Quando a noiva já tem uma referência, mas você sabe que o resultado pode não ser tão bom. Como você a avisa? Às vezes acontece de alguma noiva pensar em um modelo que eu sei que não irá favorecer o corpo dela. Então, eu indico opções para ajustar o desejo dela ao vestido que terá um bom caimento. O mesmo acontece com relação aos tecidos e ao próprio modelo. Se o casamento será em dezembro no Rio de Janeiro, por exemplo, e ela quer usar uma manga longa, tenho que aconselhá-la para que o vestido fique o mais confortável possível. Para você, qual a maior vantagem de fazer o vestido sob medida? Quando a noiva aluga uma peça, tem que ajustar o seu corpo e seus desejos ao que já existe.

Mas, quando ela escolhe todos os detalhes, o vestido se torna único. Ela pode ter certeza de que o vestido vai cair bem no corpo e ressaltar o que ela tem de melhor. Além disso, o processo de confecção faz a mulher ‘se sentir noiva’ antes do grande dia, já que ela pode levar a mãe e as amigas mais próximas nas provas e já sentir o clima do casamento. Quais dicas você dá para que o resultado final seja perfeito? Primeiro, que a noiva escolha um profissional de confiança. Alguém de quem ela tenha referências próximas ou conheça o trabalho. Depois, sugiro que ela opte pelos melhores tecidos. Um vestido de noiva feito por Lethicia Bronstein pode custar a partir de R$ 18 mil. Em média, confeccionar uma peça única fica de 55% a 70% mais caro do que optar pelo primeiro aluguel em uma loja especializada. A exclusividade, é claro, justifica o preço do modelo sob medida, e garante todo o glamour e perfeição que a noiva sonha para seu grande dia.

Leave a Reply