Tule illusion disfarça transparência do vestido de noiva. Aprenda a usar.

outubro 23rd, 2013

tule-illusion-disfarça-transparencia-do-vestido-de-noiva-aprenda-a-usar

O tule illusion garante sutileza à transparência no vestido de noiva – que é tendência da passarela, mas precisa ser posicionado estrategicamente para valorizar o tipo físico. Confira!

Basta observar o figurino das novelas e as coleções de vestidos de noiva de Ines DiSanto, Christos Bridal e Naeem Khan para perceber que a transparência é tendência. E segundo o estilista Lucas Anderi, atualmente, é um dos recursos preferidos das brasileiras. Mas, no altar, ainda é tabu! “A transparência pode chamar muita atenção e deixar o visual sensual demais”, recomenda a estilista Elisa Lima.

É aí que entra o tule illusion, que deixa a pele à mostra, mas pode ser colorido ou ter aplicações.
Mesmo velada pelo tule illusion, a transparência precisa ser dosada. “Se você vai deixar as costas à mostra, use um decote frontal mais comportado. E vice-versa”, recomenda Elisa.

A posição do tule – que costuma ser usado nas costas, no decote e nas mangas – será determinada a partir do tipo físico da noiva. “A manga longa é bacana para esconder gordurinhas no braço”, diz a estilista da Trinitá. Mas, nas costas, pode evidenciá-las. “Para não marcar, é melhor que o tule fique na região central e não nos flancos – parte lateral do corpo”, comenta.

Um vestido de noiva com tule illusion exige que a noiva conheça os pontos fortes do próprio corpo e adapte o modelo à cerimônia. Veja modelos na galeria e inspire-se

Programa de emagrecimento para noivas

outubro 18th, 2013

programa-de-emagrecimento-para-noivas-foto-01Tudo começou por acaso. Seis meses antes do casamento, a noiva do irmão de Carina Rosin, educadora física, pediu ajuda para conseguir perder uns quilinhos. Carina encontrou uma nutricionista e recomendou à amiga treinos de uma hora por dia, quatro vezes por semana. Eis o resultado: 12 quilos foram eliminados.

Com tamanho sucesso, outras noivas se interessaram pelo método e começaram a procurar Carina. Motivada, em 2011 a educadora oficializou o projeto Noiva em Forma, que como o próprio nome já diz, foi criado para você chegar no grande em dia de bem com a balança.

Foi isso que motivou a arquiteta Patricia Rodrigues, de São Paulo, a procurar algum tipo de suporte. “Quando fiquei noiva, quis emagrecer.

Vi que sozinha não ia conseguir, então procurei as meninas do Noiva em Forma”, conta.

programa-de-emagrecimento-para-noivas-fota-02

 

A moça trabalhou duro para chegar à meta desejada. Além do cardápio restrito — pobre em carboidratos e gorduras — ela praticava exercícios aeróbicos que mesclavam circuito com bola e equipamentos, caminhadas e até pular corda. “Me exercitava duas vezes por semana na academia do meu prédio com um personal trainer e, a cada dia 20 dias, me encontrava com a nutricionista para avaliar se o cardápio escolhido estava dando certo”.

Até na degustação do bufê de seu casamento, ela conseguiu manter a linha mesmo não resistindo à prova dos doces. “Recebi uma série de recomendações sobre o que comer e ajustamos o programa de exercícios para conseguir manter a forma e não engordar”. Com pequenos incentivos e muita disciplina, 8 quilos foram eliminados em 6 meses.

Patricia conseguiu superar suas expectativas e, feliz da vida, ajustou as medidas do vestido que havia escolhido um tempo depois de ter começado o programa.
O vestido justo no busto e na cintura mostra que o esforço valeu a pena. Melhor ainda foi ter conseguido diminuir as medidas do vestido dos seus sonhos.

Agora casada e morando em Santos, no litoral de São Paulo, ela aderiu aos bons costumes e relata que pegou gosto pelo esporte. “Não parei as atividades, continuo fazendo os exercícios na academia, natação, tudo para manter a saúde e me sentir bem comigo mesma”.

Em tempo: se você gostou da ideia, lembre-se de que a turma do Noiva em Forma precisa de pelo menos seis meses para obter bons resultados de um jeito saudável e gradual, que é o melhor jeito de manter o peso desejado, ok?

Vestido de noiva sereia deixa o corpo curvilíneo, mas pode destacar pontos fracos.

outubro 17th, 2013

vestido-de-noiva-sereia-deixa-o-corpo-curvilineo-mas-pode-destacar-pontos-fracos

O vestido de noiva sereia, que foi destaque na Bridal Fashion Week, pode equilibrar o volume do corpo e valorizar a silhueta. Mas, dependendo da forma como é usado, pode aumentar o volume do quadril. A seguir, estilistas ensinam a usar o modelo.

Mais uma vez o vestido sereia foi destaque na Bridal Fashion Week. E não poderia ser diferente, já que sua modelagem – ajustada na cintura e no quadril e com a barra ampla – valoriza a silhueta. Por ser ajustado, no entanto, noivas que estão acima do peso precisam evitá-lo, mas é a proporção do corpo que define quem pode usar e como.

O modelo agrega volume à parte inferior do corpo, além de deixar o quadril em evidência. O ideal é que o vestido seja usado por mulheres de silhuetas ampulhetaombro e quadril com a mesma largura e cintura fina -, triângulo invertido – medida do ombro maior do que a do quadril – e retangular – ombro, quadril e cintura com a mesma medida.

“A modelagem equilibra o volume do corpo dando volume ao quadril da noiva que tem o ombro largo, por exemplo”, afirma Elisa Lima, estilista da Trinitá. A barra tradicional do vestido sereia pode achatar a silhueta porque ganha volume da altura do joelho. O modelo é indicado para uma mulher alta e esguia. Mas, feito sob medida, o modelo sereia também pode ser adaptado à mulher baixinha.

“Se ela adaptar um vestido que já está pronto, ele pode perder o detalhe. É melhor fazer um e usar o detalhe no ponto estratégico no qual ela não parece mais baixa e o detalhe não seja perdido”, aconselha a estilista Julia Cencini.

Uma alternativa pode ser o modelo trompete, que oferece uma vantagem em relação ao sereia: a barra fluida que diminui o risco de achatar a silhueta.

Luva é tendência para noivas.

outubro 16th, 2013

luva-e-tendencia-para-noivas

A luva é tendência de moda noiva, segundo os desfiles da Bridal Fashion Week. E como tendência, o acessório demanda atenção ao ser incorporado ao vestido: “Casamento é tradição. Luva é moda. É preciso ter muita segurança para fazer essa união”, afirma Gabí F. Souzä, consultora de imagem da Boucle.

A luva precisa ser uma extensão do vestido. “Se a roupa é bordada, a peça pode ser também, por exemplo. Tem que ter cara de conjunto”.
E além de determinar o modelo, o vestido de noiva define o comprimento da luva.

“A regra do vestuário de gala é: vestido de manga, luva curta; sem manga, luva comprida”, afirma a consultora de imagem.Mesmo estando nas mãos, as luvas podem modificar a silhueta da noiva. “Ela chamam atenção para as mãos e, se elas estiverem ao lado do quadril, podem aumentar a região”, aconselha a consultora.

A alternativa para usar a peça, portanto, é usar um modelo transparente.

“Quanto mais visível, mais chama atenção. Se é transparente, minimiza o visual”

Vestido de noiva sob medida: Lethicia Bronstein, a estilista das famosas, tira dúvidas

outubro 10th, 2013

Em entrevista exclusiva, a designer que criou vestidos de noiva para Marina Ruy Barbosa em Amor à Vida, Mariana Rios em Salve Jorge e mais 18 personagens de novelas responde as perguntas mais frequentes de quem pretende encomendar um modelo personalizado. vestido-de-noiva-sob-medida-lethicia-bronstein-a-estilista-das-famosas-tira-duvidas O vestido do casamento é, provavelmente, o item com que as mulheres sonham desde crianças e, portanto, deve ser perfeito. Fazê-lo sob medida é a certeza de que o sonho se tornará realidade, já que a noiva irá participar de cada etapa da confecção. Para a estilista Lethicia Bronstein, “o vestido sob medida torna o momento ainda mais especial e único”.

A designer é a autora de belas criações que já vestiram as personagens de Marina Ruy Barbosa, em Amor à Vida, Mariana Rios, em Salve Jorge. Para Carolina Dieckmann, a estilista fez três modelos, dois para Três Irmãs e um para Passione. Em um bate-papo com Caras Noivas, a designer explica tudo o que você deve saber antes de iniciar o processo de confecção de uma peça personalizada. Confira: Qual é o tempo necessário para planejar e fazer um vestido sob medida? O ideal é que a noiva procure um profissional para desenhar e confeccionar o seu vestido oito meses antes do casamento. Esse tempo é necessário para que todas as provas sejam feitas e tudo saia como ela planejou. Além disso, dentro do ateliê, é o período necessário para fazer a peça da melhor forma possível.

Quantas provas são necessárias? Eu aconselho que a noiva faça seis provas de vestido. Na primeira, ela veste o que seria o molde da peça que escolheu, que é feito com um tecido que se assemelha a um forro. Essa etapa é importante para que a mulher veja se o decote está adequado, se a saia está na altura que ela imaginou, se a cintura está marcada como ela quer. A partir daí é que se pode começar com segurança a confecção com tecido mais nobre. Por falar em tecido, como ele é escolhido? Quando o modelo está decidido, eu indico tecidos (tule, organza, crepe de seda, entre outros) que vão proporcionar o melhor caimento do vestido no corpo da noiva. Já a renda que vai sobre a peça é escolhida em conjunto. Na segunda prova, que já é feita com o vestido, confeccionado apenas com o tecido, coloco diferentes tipos de renda sobre a o corpo da mulher e decidimos juntas.

Como funciona o processo de escolha do modelo? Amo escutar as noivas.

Assim, consigo saber exatamente o que elas querem e traduzir esse desejo para o papel, em forma de croqui. Depois de uma hora de conversa, para entender se ela já tem alguma referência ou descobrir qual é modelo ideal, faço o desenho do vestido na frente da noiva. Quando a noiva já tem uma referência, mas você sabe que o resultado pode não ser tão bom. Como você a avisa? Às vezes acontece de alguma noiva pensar em um modelo que eu sei que não irá favorecer o corpo dela. Então, eu indico opções para ajustar o desejo dela ao vestido que terá um bom caimento. O mesmo acontece com relação aos tecidos e ao próprio modelo. Se o casamento será em dezembro no Rio de Janeiro, por exemplo, e ela quer usar uma manga longa, tenho que aconselhá-la para que o vestido fique o mais confortável possível. Para você, qual a maior vantagem de fazer o vestido sob medida? Quando a noiva aluga uma peça, tem que ajustar o seu corpo e seus desejos ao que já existe.

Mas, quando ela escolhe todos os detalhes, o vestido se torna único. Ela pode ter certeza de que o vestido vai cair bem no corpo e ressaltar o que ela tem de melhor. Além disso, o processo de confecção faz a mulher ‘se sentir noiva’ antes do grande dia, já que ela pode levar a mãe e as amigas mais próximas nas provas e já sentir o clima do casamento. Quais dicas você dá para que o resultado final seja perfeito? Primeiro, que a noiva escolha um profissional de confiança. Alguém de quem ela tenha referências próximas ou conheça o trabalho. Depois, sugiro que ela opte pelos melhores tecidos. Um vestido de noiva feito por Lethicia Bronstein pode custar a partir de R$ 18 mil. Em média, confeccionar uma peça única fica de 55% a 70% mais caro do que optar pelo primeiro aluguel em uma loja especializada. A exclusividade, é claro, justifica o preço do modelo sob medida, e garante todo o glamour e perfeição que a noiva sonha para seu grande dia.

Inspire-se nos vestidos das novelas para escolher o look de madrinha de casamento.

outubro 8th, 2013

Nos casamentos das novelas, as madrinhas quebram tabus: usam preto e até vestido curto! Saiba se elas estão certas e veja dicas para escolher o look.

inspire-se-nos-vestidos-das-novelas-para-escolher-o-look-de-madrinha-de-casamento

Madrinha de preto no altar pode? E de vestido curto à noite? As madrinhas e convidadas dos casamentos de Nicole (Marina Ruy Barbosa) e Paloma (Paolla Oliveira) em Amor à Vida e Amora (Sophie Charlotte) provaram que sim. E se hoje a noiva tem liberdade de usar vestidos coloridos e com transparência, a madrinha está liberada! “Todos os tons – e até estampas – estão liberados desde que a modelagem e o tecido valorizem o tipo físico”, diz Elizangela Gomes, professora de moda da Sigbol Fashion. Mas o bom senso é necessário: a noiva deve estar de acordo com o modelo.
O horário e o local da cerimônia determinam a escolha do tecido do vestido. Casamentos durante o dia pedem vestidos fluidos, com fendas e rendas, por exemplo. À noite, aposte nas texturas e nas pedrarias. “Cuidado apenas com os tecidos acetinados durante o dia, pois podem aumentar a silhueta”, diz professora de moda.

A cor, por sua vez, deve ser decidida em conjunto. Existem noivas que preferem ver todas as madrinhas usando a mesma cor. Se não há regras, a única recomendação é não usar branco ou nude, que pode “brigar” com o vestido de noiva. E na hora de escolher, vale incorporar tendências de moda ao look. O preto é uma opção, mas os acessórios têm que

fazer o contraste. “Vale também caprichar em acessórios que fujam dos tons escuros. Como cintinhos dourados, colares de pérola e broches”, diz Bia Paes de Barros, editora de moda da CARAS.

A estampa que Patrícia (Maria Casadevall) vai usar no casamento de Perséfone (Fabiana Karla) e o tule illusion que Pilar (Susana Vieira) usou na cerimônia de Paloma e Bruno (Malvino Salvador) exigem cuidado e equilíbrio: mostrou demais em cima, cobre embaixo; ousou na estampa, minimiza nos acessórios. O segredo do sucesso no look de madrinha é buscar harmonia! Veja a nossa galeria e inspire-se!

Seu filme de casamento como se fosse de cinema.

setembro 30th, 2013

seu-filme-de-casamento-como-se-fosse-cinema

Os filmes de casamento estão ficando cada vez mais bacanas, graças à tecnologia de cinema que foi incorporada aos vídeos da cerimônia.

Achei muito bacana. A grua esteve na festa também e aí, é claro, fui conversar com quem a comandava. Era o Vinícius Credidio, conhecido por seus filmes de casamento. Foi olhando a grua que entendi porque ele é famoso. Vinícius, como também Romário Lopes da L2 Filmes e outros profissionais que transitam no meio de publicidade e casamento, incorporaram à produção de cerimônias equipamentos de última geração usados em captação de imagem de shows, cinema e publicidade.

Esse tipo de acessório traz um milhão de novos recursos ao filme, transformando-os em grandes produções. De verdade. Olha só o filme do casamento da Paula e do Pupo que o Vinicius fez. Dá vontade de ter um para a gente.Esse naipe de profissional, hoje, grava com uma câmara fotográfica que se chama DSLR, ela usa mais de uma lente e isso suaviza a imagem, traz textura ao filme. Enquanto que uma filmadora só tem o recurso de uma lente, que faz a imagem ficar mais dura. O problema é que a máquina fotográfica requer mais habilidade do profissional, o foco é manual, nem todas as empresas se adaptaram a isso. Geralmente o uso da câmera DSLR é um opcional no contrato e acarreta um aumento de uns 15% a mais no orçamento.Veja outros equipamentos e recursos que podem ser usados no seu filme de casamento e dão um toque mais profissional à captação de imagens.

Minigrua: tem um braço que alcança 1,5m e três rodinhas que permitem que ela seja levada de um lado para outro durante a cerimônia e a festa. Filma de cima e pode ser abaixada lentamente.

Grua: esta é fixa, chega a 8 metros de altura, é usada em lugares com pé direito bem alto ou ao ar livre, é acionada por um controlador.

Steady Cam: estabilzador de imagem que possibilita ao profissional andar com a câmera sem trepidar. Perfeito para imagens como a noiva saindo do carro, a entrada da noiva…

Slider: é como se fosse um trilho que proporciona a imagem em movimento. Por exemplo, o casal vai se beijar,a câmera está mais afastada e ela vem andando, como se fosse um zoom em uma cena estática.

Volante: é como se fosse um volante de carro mesmo, onde a câmera fica presa e você pode andar segurando ele para fazer uma imagens mais radicais, girar, levantar…

Minicamaras: são colocadas em pontos estratégicos, ficam sozinhas filmando o tempo todo, trazem imagens diferentes que depois são usadas na edição final do filme.

Carrinho com controle remoto: nele é acoplada uma câmera. Ótimo, por exemplo, para ficar no meio do salão quando acontece a dança dos noivos.

Helicóptero: é uma espécie de drone com câmera acoplada. Usado em festas em ambientes externos, capta lindas imagens aéreas. Como é elétrico não faz barulho, ninguém repara.

Timelapse: é o recurso de espalhar máquinas fotográficas que tiram muitas fotos sozinhas, essas imagens serão transformadas na edição em um filme que mostra o aceleramento do tempo, ou seja, mostra o salão vazio, enchendo, cheio e depois da festa.

Captação de áudio independente: tem um gravador especifico captando o coral, outro o celebrante… o áudio fica muito melhor e pode ser usado na edição final do filme.

Esses são itens técnicos que os noivos precisam verificar antes de contratar uma empresa. É claro que custam mais caro e que dá muito mais trabalho usar esse tipo de equipamento, mas o resultado final é infinitamente superior.

Noivas gordinhas como Perséfone devem evitar o tomara que caia.

setembro 27th, 2013

noivas-gordinhas-como-persefone-devem-evitar-o-tomara-que-caia

Finalmente Perséfone (Fabiana Karla) vai fisgar um homem na novela “Amor à Vida” (Globo).

Após correr bastante atrás do fisioterapeuta Daniel (Rodrigo Andrade), o par vai se apaixonar e casar com direito a véu, grinalda, casamento no religioso e festa.

A enfermeira, no entanto, não escolheu o modelo mais recomendado para o seu tipo de corpo. Como mostra a foto acima, o modelo comprimiu as gordurinhas próximas à axila e ainda ressaltou o tamanho dos braços.

As mulheres que estão acima do peso não devem investir no tomara que caia, embora este seja o modelo predileto das noivas.

Mulheres cheinhas podem encontrar alternativas que valorizem seus pontos mais bonitos; e o modelo tomara que caia, além de achatar o corpo das gordinhas, também deixa o braço delas em evidência.

“Para as noivas mais cheinhas, costumo sugerir modelos com mangas.

Além de charmosa, a manga disfarça as gordurinhas do braço”, revela a estilista Penha Maia. Boleros e casaquinhos de renda também são mais do que indicados para essa situação.

A costureira e modista Carmem Barbosa também não indica o tomara que caia, “porque ele achata o corpo e ressalta as gordurinhas das costas”.

Veja mais truques para noivas plus size que desejam disfarçar os quilinhos a mais.

Zoom nos looks civil e religioso do casamento real de Luxemburgo.

setembro 25th, 2013

Na semana passada aconteceu o casamento do príncipe Felix de Luxemburgo com Claire Lademacher. Na quinta eles casaram no civil e no sábado no religioso. O vestido de noiva da bela Claire foi assinado por Elie Saab (aquele, aquele, aquele, gurias). Mesmo atrasada, posso fazer os comentários que fiz aos berros com as amigas quando vi as fotos? Ok, ok, talvez não aos berros, mas realmente muito empolgada.

FRANCE-LUXEMBOURG-ROYALS-WEDDING

Vestido de casamento real pede recato, mas a noiva soube dar uma dose de sensualidade sem vulgarizar. Esses desenhos recortados cobrindo todo o vestido são pura arte!

zoom-nos-looks-civil-e-religioso-do-casamento-real-de-luxemburgo-imagem-02

Gosto muito, muito, muito de vestidos de mangas compridas que mesclam transparência com bordados. Creio que, na teoria, era mais ou menos isso que a Sra. Naldo procurou com seu look de noiva.

FRANCE-LUXEMBOURG-ROYALS-WEDDING

Make mínimo, ainda mais discreto que o de Kate Middleton (como não lembrar de toooooda a polêmica envolvendo o lápis de olho ultra marcado da Kate).

zoom-nos-looks-civil-e-religioso-do-casamento-real-de-luxemburgo-imagem-04

Repara que o véu, em algumas partes, mantém o mesmo bordado do vestido.

FRANCE-LUXEMBOURG-ROYALS-WEDDING

Daminhas queridas! As guirlandas de flores naturais nunca saíram de moda, mas estão mais em alta do que nunca para as saias.
Outra coisa que curti: sem meia-calça, sem sapato de boneca, sem vestido com saia de armação. As meninas usaram vestidos bem cortados e sapatilhas e ficaram uns docinhos! Retrocedendo no tempo, agora o zoom vai para o vestido do civil da Claire. E eu estava comentando com as gurias: que diferença o noivo com barba, hein? Apesar de não ser a maior fã dos barbados, confesso que curti mais o príncipe no casamento civil. Outra confissão: adorei a gravata laranja, realeza!

GERMANY-LUXEMBOURG-ROYALS-WEDDING

Vestido peplum, buquê básico e sapato nude (aquele que “emagrece”).

GERMANY-LUXEMBOURG-ROYALS-WEDDING

Curti o brinco como um toque de cor e amei esse coque, amiga!

GERMANY-LUXEMBOURG-ROYALS-WEDDING

Close no buquê. Amo, amo, amo e amo buquês totalmente brancos. Meus preferidos!

zoom-nos-looks-civil-e-religioso-do-casamento-real-de-luxemburgo-imagem-09

Fecho com a minha foto preferida dos dois casamentos: a cara do noivo quando começou a chuva.

Noiva vende casa para investir em plásticas

setembro 23rd, 2013

imagem-01-noiva-vende-casa-para-investir-em-plasticas

Ficar linda e magra no vestido é o objetivo da maioria das noivas, que comumente recorrem à dieta, atividade física e tratamentos estéticos. Até aqui, nenhuma novidade. Mas uma noiva inglesa foi além: vendeu a própria casa para pagar uma série de cirurgias plásticas e ficar com o corpo dos seus sonhos.

imagem-02-noiva-vende-casa-para-investir-em-plasticas

Tsia Pullen, 34 anos, perdeu 60 quilos ao final da maratona, passando dos 110 para os 50. E a obsessão pela magreza custou caro.

Foram R$ 66 mil em intervenções, incluindo uma redução de estômago. “Era a primeira casa que eu comprava, tinha um enorme jardim e eu estava orgulhosa dela, mas mais do que qualquer coisa que eu queria aparecer surpreendente no dia do meu casamento”, declarou o tabloide Daily Mail.

A primeira cirurgia aconteceu em 2006, na Bélgica. Em 2008, ela voltou à clínica para em liftings no braço e na coxa, mamoplastia e lipoaspiração.

Em dezembro, submeteu-se à nova correção nas mamas.

imagem-03-noiva-vende-casa-para-investir-em-plasticas

Se valeu a pena? Ela garante que sim. “Era uma quantia enorme para pagar cirurgias estéticas, e eu sei que algumas pessoas iriam pensar mal de mim por isso, mas valeu cada centavo.”, afirma. “Depois de cada operação dolorosa, eu dizia a mim mesmo que no final valeria a pena.

Quando eu comecei a ver os resultados, eu podia sentir a minha confiança em alta. Eu me vi como uma nova pessoa e, pela primeira vez na minha vida, eu me senti sexy”, diz.

Para completar a lista de operações, Tsia planejava uma abdominoplastia para abril de 2009, mas teve de adiá-la pois engravidou de seu filho Mylo, hoje com 4 anos.

O casamento aconteceu apenas em maio deste ano e a inglesa diz que se sentiu como uma princesa.

imagem-04-noiva-vende-casa-para-investir-em-plasticas