Na hora de jogar o bouquet, a regra é inovar e divertir

julho 10th, 2013

Tradição em casamentos por todo o mundo, jogar o bouquet da noiva se tornou indispensável nessa cerimônia tão importante para o casal. Segundo o costume, a solteira que conseguir pegá-lo será a próxima a casar.

Nos eventos em geral muitos aspectos têm se modernizado e os casamentos não poderiam ficar de fora. Além de danças nada convencionais como samba, hip-hop e sertanejo na valsa do casal, a inovação aparece também no bouquet da noiva. São inúmeras opções criativas para utilizar em um dos momentos mais esperados da festa.

imagem-1-na-hora-de-jogar-o-bouquet-a-regra-e-inovar-e-divertir

A noiva pode abusar da criatividade quando o assunto é presentear as mulheres. Para a festa ser ainda mais especial e inesquecível não somente para o casal, mas também a todos os convidados, ela pode optar por uma dinâmica. Um exemplo consiste no bouquet preso na haste por diversas fitas coloridas. A noiva pede para que cada uma das convidadas segure uma fita, enquanto ela, aleatoriamente, vai cortando até que reste uma, e, essa que for a última a ficar com a fita na mão será a sortuda”, afirma Daniela Rodrigues, assessora de eventos da Dani&Cris Ideias e Eventos.

imagem-02-na-hora-de-jogar-o-bouquet-a-regra-e-inovar-e-divertir

Porém, caso a noiva prefira agradar mais de uma convidada, pode inovar usando, por exemplo, o “bouquet de Santo Antônio” que reúne vários bonecos do santo que se separam ao serem jogados para as mulheres, dando a possibilidade de mais de uma sonhar com um futuro casamento. São inúmeras as possibilidades de presentear e divertir os convidados na hora de jogar o bouquet. “Existem noivas que optam trocar as flores por sapinhos com a mensagem ‘Tive que beijar muitos sapos até encontrar o meu príncipe. Espero que esse te ajude também’. Enfim, a ideia é ousar e fazer do casamento uma cerimônia jamais esquecida”, finaliza Daniela.

Leave a Reply