Listas de presentes de casamento se reinventam e conquistam noivos que querem fugir do tradicional.

julho 23rd, 2013

listas-de-presentes-de-casamento-se-reiventam-e-conquistam-noivos-que-querem-fugir-do-tradicional

 

Cada vez mais online, as listas de presentes de casamento se reinventam para atender às novas necessidades dos noivos, e incluem de cotas de lua de mel a doações para ONGs. Mas é preciso ser sutil para que os pedidos não sejam vistos como falta de educação. As listas de presentes são comuns nos casamentos. Mas, muitas vezes, ganhar aquele faqueiro de prata ou vaso de cristal não é bem o que o casal mais quer.

Hoje, normalmente hospedadas na internet, inúmeras opções de lista surgem para quem quer fugir do tradicional.Com a casa já mobiliada e equipada, alguns casais preferem ganhar contribuição financeira para custear a lua de mel ou outros desejos. Bia Malfatti, que já morava junto com o noivo, estava justamente nessa situação quando se casou em 2008. Mas eles não queriam que os convidados simplesmente dessem dinheiro. “Presentear é uma coisa muito simbólica para se reduzir a uma quantia monetária”, conta Bia, que criou uma lista virtual na qual os convidados compraram presentes que tiveram o valor revertido em dinheiro para os noivos.

A ideia deu tão certo que o casal criou, em 2008, o site Loja dos Noivos. “A lista é feita com presentes simbólicos: os noivos recebem o valor em dinheiro. Funciona assim: o casal faz um cadastro e cria sua página. Lá, além da lista, é possível colocar informações sobre a festa”, explica Bia. Os noivos podem, inclusive, criar os presentes. Como, por exemplo, fotos de momentos importantes ou algum produto personalizado. Devido ao sucesso, Bia e o marido adquiriram o site Lista Perfeita. Para criar a lista, o processo é semelhante, porém o site mantém parceria com lojas reais.

Quando o convidado compra um jogo de cama da lista, por exemplo, o casal pode ficar com o produto ou usar seu valor em qualquer uma das lojas parceiras. Para as viagens, o site também tem parceria com agências turísticas. “Quem faz o pacote de lua de mel com as empresas parceiras paga taxas menores de serviço quando os valores são depositados na conta corrente.” O site ainda oferece opções de doação a ONGs, como os Doutores da Alegria. Mas essas novas formas de presentear os noivos demandam cautela, segundo a assessora de eventos Yara Ibrahim, da Divino Casamento. “Reverter presente em dinheiro soa deselegante. Cuidado! Quem deve determinar quanto vai dar é o convidado”, diz Yara. E acrescenta: “a maioria das listas de casamento ainda são as tradicionais com utensílios para a casa.

Caso você já tenha tudo, a cota de lua de mel é mais delicada”. Assim que Juliana Wecki e Lucas Salcedo anunciaram o noivado, os presentes começaram a chegar. E mesmo sem morarem juntos, a casa já estava mobiliada antes do casamento. “As poucas coisas que faltaram, como utensílios menores de cozinha, ganhamos num chá que fizemos um mês antes de casar. Por isso, não tinha sentido fazer uma lista com presentes assim para o casamento”, conta Juliana.O casal optou por uma lista só para a lua de mel. “Pensamos nas cotas de viagem, mas não queríamos ficar presos a uma agência, pois caso nossos convidados não aceitassem a ideia, não poderíamos resgatar o valor que já tivesse sido pago para a agência. Então a solução foi fazer em um site, onde os convidados comprariam ‘cotas’ para jantares e passeios, mas na verdade o que viria para nós seria o dinheiro, que no nosso caso seria mesmo usado para a lua de mel. Não era simplesmente uma cota de 100 reais para nossa viagem.

Aos olhos do convidado, ele estava nos dando um presente concreto”, diz Juliana.Para agradar os mais tradicionais, Lara Giannotti e o noivo Ricardo Lorenzoni resolveram fazer uma lista mista. “A gente já mora junto há três anos e tem tudo. Mesmo assim, ainda colocamos duas listas: a de cotas e uma com coisas que faltam na casa, para os mais tradicionais que acham que dar dinheiro é falta de educação”, conta Lara que colocou entre as opções de presente desde uma bússola para o noivo não se perder na viagem até um liquidificador.Allan e Tatiane Pregeli também fizeram lista mista, mas foram as cotas que mais os agradaram. “Ficamos felizes com as cotas porque nos ajudaram em nossa lua de mel em Playa del Carmo (México) com passeios, massagens, jantares e até na hospedagem”, afirma Allan.

“Também é uma boa opção para os convidados que podem comprar facilmente pela internet, com diversas opções de pagamento”, completa.

Leave a Reply