Destination Wedding: dicas e regras de etiqueta para quem vai casar no exterior.

outubro 14th, 2014

 

destination-wedding-dicas-e-regras-de-etiquetas-para-quem-vai-casar-no-exterior

Os noivos devem pagar passagens e hospedagens dos convidados? Além do convite formal, é importante enviar o Save the Date? Respondemos essas e outras questões que afligem os casais que escolhem “dizer sim” fora do país.
Moda entre casais europeus, a tendência do Destination Wedding, ou o casamento no exterior, vem conquistando cada vez mais os brasileiros. Os cenários escolhidos para trocar as alianças surpreendem os convidados: vão de ilhas paradisíacas na Europa a cruzeiros pelo Atlântico. Mas organizar uma festa fora do país não é uma tarefa tão simples. Além de escolher o destino e o valor que poderá gastar, a noivinha precisa se planejar e resolver todos os pequenos detalhes. Será que, neste caso, contratar uma agência especializada em é uma boa solução? Ou é mais vantajosos fechar pacotes com fornecedores separados? Para responder essas e outras perguntas, conversamos com três experts no assunto: Fernanda Suplicy, proprietária do site Yes Wedding; e a dupla Vanda Mazza e Ana Paula Villela, docentes do curso ‘Casamento: Do Planejamento à Celebração em Grande Estilo’, do Senac. Reunimos abaixo questões comuns envolvendo convidados e gastos. Você verá que é possível contornar situações delicadas sem ficar preocupada ou estourar o orçamento da festa. Confira!

Os noivos decidiram casar no exterior. E agora, qual é o primeiro passo? Quanto tempo antes deve começar com preparativos?

O primeiro passo é contratar um organizador de casamento local e começar a conhecer os fornecedores. O tempo de antecedência deve ser igual a média dos casamentos realizados no Brasil, 12 meses.

Os noivos devem pagar passagens e hospedagens dos padrinhos e damas? E dos pais e irmãos? Quem paga a despesa dos convidados?

Não existe uma regra. Neste caso, o que vale é o bom senso. Vamos supor que você tem um amigo muito querido que você ama de paixão e faz questão que ele seja seu padrinho, mas sabe também que ele não está muito bem financeiramente. O que fazer? O ideal seria ou convidá-lo com as despesas básicas pagas ou deixá-lo a à vontade para dizer não. Explique com todo o carinho que você gostaria muito que ele fosse, mas que sabe que é difícil e que entende se ele não puder ir (e de fato não ficar chateado com a não ida dele). Tudo depende do “bolso” de cada um. É o máximo poder convidar ou ser convidado com passagem e hotel, mas não é qualquer um poder bancar a história e não é uma obrigação.

Não é necessário, porém precisam ter consciência que um padrinho ou madrinha podem recusar o convite devido aos gastos. Ficaria de bom tom, os noivos arcarem com essas despesas.

Como os noivos devem escolher os convidados?

Essa é uma questão muito pessoal e fazer lista de casamento não é tarefa fácil. O melhor caminho é ir pelo coração e afinidade, sabendo que sempre terão alguns convidados que não são os mais amados, mas muito importantes na história ou família e não podem ficar de fora.

Os noivos devem convidar para o casamento todas as pessoas que já os convidaram para os seus respectivos?

Depende do tamanho do seu casamento. Se é um casamento enorme e que vai ter uma lista extensa: sim, é educado (apesar se não ser uma obrigação). Agora, se for um casamento pequeno no qual a sua lista foi feita “contadinha”, eles terão que entender que não tem como. Uns entendem, outros não, mas os noivos terão que priorizar os mais próximos e não quem já os convidou, não é mesmo?

Os noivos precisam se justificar com os colegas que não foram convidados para o destination wedding?

Não faz sentindo sair se justificando. Mas, se tem algumas pessoas que os noivos sentem enorme carinho, realmente queriam que tivessem tido a possibilidade de convidar e não puderam, porque não dizer isso a eles? Todo mundo gosta de saber que é querido! O ideal é dizer depois que o casamento aconteceu (porque antes só vai deixar a pessoa com vontade de ir à festa sem ter sido convidada) o quanto sentiu a falta dela lá e uma pena ter que cortar pessoas queridas por ter sido uma festa pequena. Seja gentil! Seu colega irá entender a sua posição.

Os noivos decidiram casar em um resort, numa praia. Isso significa que os convidados vão precisar se hospedar lá? Eles podem fazer essa exigência?

Não, os noivos não devem fazer essa exigência. Ficará hospedado quem puder.

No caso de Destination Wedding, o que os noivos devem informar no convite formal?

Devem informar data, horário, local e traje.

É importante também enviar o Save the Date?

É ultra importante enviar o Save the Date no mínimo com 6 meses de antecedência. Lembre-se que os convidados precisam se programar para fazer uma viagem. Quanto mais informações e orientações os noivos passarem, melhor e mais prático será para todos. É de praxe indicar onde ficar e inclusive verificar se a região consegue atender o número de pessoas que os noivos convidaram. Todos os detalhes precisam ser programados com antecedência para evitar estresse.

É preciso orientar os convidados sobre hotéis e passagens?

Com certeza. O ideal é que os noivos façam visitas a hotéis e pousadas próximo ao local escolhido para o evento e negociem pacotes de hospedagem para os seus convidados.

Como deve ser feito o contrato com fotógrafo e equipe de filmagem? E cabeleireiro e make? Os noivos devem levar esses profissionais?

Não necessariamente, eles podem contratar do local. Se a noiva fizer muita questão de fechar o serviço com algum profissional brasileiro, por exemplo o cabeleireiro, ela poderá levá-lo. Neste caso, o profissional terá que ter tudo pago, desde a alimentação até a hospedagem. Ou seja, fica muito caro.

O que é mais vantajoso: escolher uma agência que cuide de todos os preparativos ou contratar fornecedores separados?

Depende. Se a busca é praticidade, contratar alguém que cuide de tudo é muito vantajoso. Se os noivos são detalhistas, o ideal é fechar contratos com fornecedores separados.

Quem realiza a cerimônia?

Um cerimonialista local ou alguém da confiança dos noivos.

Os noivos devem se preocupar com o cartório?

Sim. É aconselhável que se casem antes aqui no Brasil no cartório e só realizem a cerimônia simbólica no exterior.

A festa deve ser realizada no mesmo lugar da cerimônia?

Isso facilita bastante, principalmente pensando que todos estarão fora de suas cidades e a logística é mais complicada. Caso tenha mudança de local, é legal que os noivos providenciem a locomoção ou avisem com antecedência que é preciso alugar carro ou algo parecido para que não haja surpresas desagradáveis.

Qual é a melhor maneira de levar o vestido de noiva na mala de viagem?

A estilista Dani Messih sugere que a noivas levem o vestido dobradinho em uma caixa, que pode também ser colocada dentro de uma mala. Tome cuidado com as estruturas e use papel de seda entre as dobras. Para não correr risco, leve-o na mala de mão.

Leave a Reply