Com direito a bebida especial, bloco de Olinda reúne ‘noivas’ e ‘padre’.

março 7th, 2014

com-direito-a-bebida-especial-bloco-de-olinda-reune-noivas-e-padre-imagem-01

Como qualquer noiva que preze uma boa festa de casamento, as que compõem o bloco “As Noivas de Olinda” se atrasaram para sair da concentração, na Rua da Boa Hora.

Com véu, vestido branco e flores, saíram por volta das 11h30 desta terça (4), passando pela frente da prefeitura da cidade e retornando ao ponto de origem para terminar o desfile com um café da manhã. “A gente teria umas 30 noivas, mas tem muitas que ainda estão atrasadas“, comentou uma das idealizadoras do bloco, Geane Ratis, mostrando que tem gente que leva a brincadeira a sério.

Desfilando há seis anos, As Noivas de Olinda começaram quando as amigas Geane, Valnete Andrade e Ivete Santana, todas solteiras, perceberam que tinha muita noiva na cidade. “A gente se conhece há 20 anos, e éramos solteiras, então fizemos para tirar onda mesmo”, conta Geane, cujo figurino privilegiava os tons de dourado.

com-direito-a-bebida-especial-bloco-de-olinda-reune-noivas-e-padre-imagem-02

Na sede do bloco, o xixi da noiva, bebida inventada por Geane, faz sucesso. Misturando cachaça, erva doce, gengibre, cravo e bastante açúcar, a batida vai ao fogo para ser servida quentinha. “Tem que ser quente porque o xixi é quentinho mesmo!”, fala a dona da mistura.

A bebida é aprovada por Neri de Souza, que vem de Limoreiro todos os anos só para o bloco. “É muito docinho! É uma delícia esse xixi”, comenta.  Apesar de estar sempre procurando um parceiro, Geane, no entanto, ainda não está noiva.

Já foi casada, mas o marido faleceu. “Sou viúva e os homens ficam com medo de casar comigo de novo porque acham que vai acontecer a mesma coisa”, diz, às gargalhadas.

com-direito-a-bebida-especial-bloco-de-olinda-reune-noivas-e-padre-imagem-03

O bloco marcou a vida de inúmeros casais.
Foi lá onde aconteceu o primeiro beijo entre a agente de saúde Maria Auxiliadora e o servidor público Edson Borba. “A gente se conhecia há muito tempo.

Ele me paquerava, mas eu não tava a fim. Se não fosse o bloco, a gente não teria se aproximado nem rolado o primeiro beijo”, explica.

Os dois têm uma filha, Isis Victória, que também brinca pelas ladeiras de Olinda, junto com as noivas, na versão mirim do bloco.

 

Leave a Reply