Casamento de Charles e Diana completaria 30 anos hoje

julho 29th, 2011

30 anos, o mundo comemorava o casamento entre o Príncipe Charles e Princesa Diana, uma história digna de  “conto de fadas” envolvida em patriotismo, mas que acabou em tragédia e balançou os alicerces da monarquia britânica.

Em contraste com um ensolarado 29 de julho de 1981, quando os britânicos abarrotaram as ruas de Londres para participar do evento, poucas são as menções nesta sexta-feira e as celebrações em lembrança da qual se considerou o casamento do século.

Outra união, a do Príncipe William com Kate Middleton, celebrada em 29 de abril, ofuscou um acontecimento que há 30 anos foi o programa de televisão mais visto da história, com 750 milhões de espectadores.

O casamento de William conseguiu, além disso, apagar a sensação amarga do casamento fracassado de seus pais e conseguiu impulsionar após décadas de escândalos a imagem da monarquia.

Mas há 30 anos os britânicos viveram com verdadeiro entusiasmo o casamento do herdeiro ao trono, que foi celebrado na Catedral de Saint Paul de Londres, em vez da Abadia de Westminster, já que se necessitava um templo com capacidade para os 3,5 mil convidados, enquanto 600 mil pessoas encheram as ruas do centro da capital britânica para ver de perto o que então parecia um casal feliz.

Na retina de muita gente ficou gravada a imagem do vestido de noiva de Diana, com as mangas bufantes, uma caudas de quase oito metros e até 10 mil pérolas incrustadas, que então causou sensação e que ficou como símbolo da ostentação que envolveu a cerimônia.

A história entre o príncipe e a jovem aristocrata tinha todos os ingredientes de um conto de fadas, mas a felicidade do casal durou pouco. As infidelidades do príncipe Charles com sua antiga namorada, Camila Parker Bowles, com a qual se casaria no civil em 2005, torturaram Diana, que após sua separação em 1992 reconheceu em entrevista : “éramos três no casamento”.

Segundo o livro Diana, sua Verdadeira História, escrito por Andrew Morton, confidente da princesa, já na lua-de-mel o casal teve um forte discussão depois que Diana descobriu que Charles tinha abotoaduras com as iniciais “CC”, que a ciumenta esposa pensou que eram um presente de Camila.

Os conflitos entre a princesa, que se tornou um verdadeiro ícone, e a família real foram constantes, tensões que culminaram com a morte de Diana em um acidente de trânsito em Paris quando era perseguida pelos paparazzis e que teve uma repercussão sem precedentes entre os britânicos.

A fria reação dos Windsor perante a morte da chamada “princesa do povo” foi muito criticada e os índices de popularidade da monarquia se afundaram, provocando uma grave crise constitucional.

Precisamente, outro casamento, a do príncipe William e Kate Middleton, que pretendia ser mais discreta e de acordo com os tempos atuais, ajudou muito a reconstruir a imagem da Família Real.

Fonte: Terra

Leave a Reply