Vestidos de noiva de novelas inspiram modelos da “vida real”

janeiro 11th, 2011

Algumas mulheres passam a vida planejando o casamento dos sonhos, outras preferem mesmo é um casamento de novela. A moda mostrada na TV sempre influenciou o que é usado na vida real, mas, no quesito vestidos de noiva, esta ligação não para de crescer. Marília Carneiro, figurinista da novela “TiTiTi”, conta que recebe cerca de cem e-mails por semana perguntando sobre o figurino da obra. A maioria, segundo ela, questiona sobre os modelos exibidos nos casórios do enredo.

Entre as noivas mais populares está a romântica Camila, patricinha vivida por Maria Helena Chiara. Marília destaca a riqueza do modelo sofisticado feito de renda, que mostrava bem o poder econômico da noiva que tinha muito dinheiro para gastar com a peça assinada pelo famoso Victor Valentin, o designer protagonista da trama. Clotilde, a personagem de Juliana Alves, também arrancou suspiros com seu vestido com ares de alta-costura usado na união com o fictício estilista Jacques Leclair.

Clotilde precisava aparecer para a sociedade, ostentar. Por isso, o modelo era barroco. Já Camila é uma pessoa simples, ainda que tenha mudado de condição social, mas com gosto refinado, e o vestido refletia isso. Este é o grande objetivo de construir um figurino, ele tem que ajudar a contar a história”, detalha Marília.

E haja criatividade e pesquisa para criar tantas noivas. “Mariana Ximenes foi quem me deu mais trabalho! Na novela Uga Uga’, ela fugiu de vários casamentos e produzimos nada menos que cinco modelos para ela, cada um com um estilo completamente diferente. Ela foi até uma noiva hippie”, relembra.

Muitas vezes, os capítulos das tramas chegam com poucos dias de antecipação, e então começa a correria. As figurinistas decidem qual é o perfil de vestido que precisam e tentam buscar um peça pronta. Se nada agradar, buscam ajuda de uma profissional que vai executar um modelo exclusivo.

Uma das estilistas preferidas para estas situações é Lethicia Bronstein. Especialista em noivas, ela fez sua estreia nas novelas no horário das 19h, com “Beleza Pura”. “Foi uma surpresa receber a ligação do Projac encomendando o vestido usado pela protagonista Regiane Alves”, disse Lethicia. O estilo do vestido falava muito sobre o estilo da personagem, Joana, e também da estilista. Feito de renda e sem muitos detalhes, é delicado mas ao mesmo tempo cheio de atitude.

Para as novelas, a estilista tem de encarar o desafio de executar, em quatro semanas, o trabalho que costuma fazer em até oito meses, quando se trata de um casamento não-fictício. “O tempo é bem mais reduzido para não atrasar as gravações, e as atrizes não conseguem parar para muitas provas, ao contrário das noivas, que costumam visitar o ateliê frequentemente. Por isso, o acabamento é menos preciso que o de um vestido para a vida real”, diz a estilista.

Ela também recebe clientes interessadas nos modelos que já apareceram na TV. “Cada mulher quer uma adaptação que torne o vestido único. Mas a inspiração é válida se a personalidade da personagem refletir a da noiva”, acredita. A campeã de cópias recentes é Diana, de “Passione”, interpretada por Carolina Dieckmann. “O vestido era tradicional e extremamente rico, mas não tinha ostentação. É um modelo clássico, que agrada muito”.

Leave a Reply